As Oficinas Vila Verão são uma tradição do verão baiano! Imprimir

As Oficinas Vila Verão são uma tradição do verão baiano!
Oficinas de teatro, música, dança, corpo e técnicas para todas as idades e gostos.

dana
Foto: João Milet Meirelles 

Há mais de 10 anos, o Teatro Vila Velha abre seus espaços e recebe durante dois meses oficinas das mais diversas áreas e que atingem todo tipo de público. “Esse é um momento muito especial pro Vila, é quando a gente abre as portas do teatro e os alunos podem ter acesso ao nosso modo de trabalho, a estética que é desenvolvida por aqui, o que é muito legal, porque de repente chegam 200, 300 pessoas e começam a circular no teatro criando um clima bem festivo”, conta Chica Carelli, coordenadora das oficinas.

Em janeiro e fevereiro de 2012, o Vila vai oferecer 21oficinas divididas por temas para melhor atender às demandas. São oficinas de teatro, para o corpo, de música e audiovisuais. Com um público formado sobretudo por amadores, a grande maioria das oficinas serão oferecidas em caráter de experimentação e não com objetivos profissionais. “O nosso público é formado principalmente por gente que está de férias, que pretende sair um pouco da rotina e quer experimentar coisas que não acontecem no seu dia-a-dia. É uma experimentação, um momento muito mais de lazer”, explica Chica.

“No entanto, este ano teremos duas oficinas mais voltadas para aqueles, profissionais ou amadores, que querem aprofundar sua experiência teatral: a oficina de Teatro e Novas Tecnologias de Marcio Meirelles, diretor artístico do Teatro Vila Velha, onde irá experimentar uma nova dramaturgia linkada com as novas tecnologias, e o workshop Com Shakespeare do ator Maurice Durozier, integrante da mais importante companhia francesa da atualidade, o Théâtre Du Soleil, atualmente em turnê pela America do Sul”, conta.

As oficinas de teatro são sempre as mais procuradas e esse ano receberam atenção redobrada. Teremos a volta da diretora Débora Landim, coordenadora e encenadora da Cia Novos Novos, grupo residente do Vila, com a Oficina de Teatro para Crianças, além de três Oficinas de Teatro para Iniciantes, uma com A Outra Cia de Teatro, grupo residente do Teatro, outra com Chica Carelli, diretora do Bando de Teatro Olodum e com 30 anos de experiência teatral, e uma terceira com Iara Colina, atriz e diretora, integrante da Cia. Teatro dos Novos. O fonoaudiólogo Ivan Alexandre ministra a oficina de Condicionamento Vocal para que os profissionais da voz possam ter o máximo de rendimento com mínimo de esforço. Já Vinicio de Oliveira, diretor teatral, irá trabalhar na Oficina de Teatro de Repente a construção de cenas baseadas no universo popular e divertido de Ariano Suassuna (auto da compadecida) e folhetos de cordel.

Para o corpo, teremos a Oficina de Condicionamento com Zebrinha, coreógrafo do Bando de Teatro Olodum e diretor artístico do Balé Folclórico da Bahia e a Oficina Movimento e Silêncio com orientação de Márcia Mazur, que propõe uma experiência de relaxamento e meditação, através de movimentos fluidos e harmoniosos. Para mexer ainda mais o corpo, teremos as Oficinas de Dança do Ventre com Gal Sarkis e a de Dança Afro-Brasileira com Nildinha Fonseca, professora e dançarina do Balé Folclórico da Bahia, a Oficina de Capoeira Angola com o ator do Bando de Teatro Olodum Leno Sacramento, a Oficina de Perna de Pau e Skyrunner com o ator AC Costa, além da Oficina de Técnica Silvestre com Rosângela Silvestre que trabalha a dança com técnica baseada na estrutura de 3 triângulos do corpo e dos 4 elementos da Natureza.

Quem quiser soltar a voz poderá participar da Oficina de Canto com Marcelo Jardim ou explorar os ritmos baianos, tais como, axé, samba-reggae e afro na Oficina de Percussão com o músico André Luiz que atualmente toca com a cantora Mariene de Castro. Tiago Lima e João Milet Meirelles ministram pelo terceiro ano consecutivo a Oficina Traga sua Câmera - Introdução a fotografia digital. Sempre muito procurada, a oficina é destinada a qualquer pessoa que possua equipamento capaz de capturar imagens. Com a Oficina Todo Mundo na Rede, Daniel Cambui visa incentivar o bom uso das redes sociais e ferramentas web para a divulgação de atividades da produção cultural. No audiovisual teremos mais uma novidade: a Oficina de Vídeo Haikagens com Danilo Sacaldaferri, que propõe a criação de pequenos poemas em imagens capturadas por qualquer tipo de câmera como celular e maquinas fotográficas que filmam.

As inscrições para as oficinas começaram no dia 28 de novembro e seguem até 22 de dezembro com desconto de 10% para quem se matricular ainda este ano. Após o recesso do final de ano, as inscrições retornam no dia 02 de janeiro e vão até o início das oficinas, dia 09 de janeiro. As inscrições estão sendo realizadas no Teatro Vila Velha, de segunda a sexta, das 10h às 19h, no mês de dezembro, e das 9h às 18h no mês de Janeiro.

Ao final das oficinas, ocorrerá uma grande mostra reunindo os alunos. O evento será realizado na Sala Principal do Teatro Vila Velha nos dias 04 e 05 de fevereiro com entrada franca.