Oficinas

Butoh MA

One-Nine-Four-Seven_-_Tadashi_Endo_-_miniatura26 de março a 01 de abril | 13h às 17h
Sala João Augusto, Teatro Vila Velha 

Leia mais

Composição coreográfica com Luis Arrieta

Luis_Arrieta_-_miniatura04 de abril | 9h às 13h

Sala João Augusto, Teatro Vila Velha

Leia mais


Capoeira contato

Capoeira Contato08 a 10 de abril | 14h às 18h

Sala João Augusto, Teatro Vila Velha

Leia mais


Danza Contemporanea

Foto_Virginia_-_site_-_miniatura10 de abril | 10 às 12h

Palco Principal, Teatro Vila Velha

Leia mais


Criação do Gesto

Suely Machado15 de abril | 9h às 12h

Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB)

Leia mais


Reeducação do movimento

Ivaldo Bertazzo16 de abril | 14h às 17h

Teatro Martim Gonçalves

Leia mais


Memory in.formation

Eldad Ben20 de abril | 10h às 12h

Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB)

Leia mais


Oficina com Idan Cohen

Idan Cohen20 a 21 de abril | 9h às 12h

Sala João Augusto, Teatro Vila Velha

Leia mais


Piso Móvil

Cortocinesis

25 a 26 de abril | 10h às 13h

Sala João Augusto, Teatro Vila Velha

Leia mais


Dança: uma experiência lúdico-criativa

Miriam Druwe28 de abril | 14h às 17h

Sala João Augusto, Teatro Vila Velha

Leia mais


Reeducação do movimento

Ivaldo Bertazzo

Nesta oficina, Bertazzo mostrará formas eficazes de trabalhar o corpo e toda a sua movimentação, um método que desenvolve há 36 anos e cujas aulas são disputadas até por celebridades, como Maitê Proença e Zeca Camargo. Parte do conceito do Método Bertazzo já foi, inclusive, apresentado no quadro Corpo em Movimento do Fantástico, na Rede Globo, em 2008.

 

 

REEDUCAÇÃO DO MOVIMENTO

Professor: Ivaldo Bertazzo

Quem pode participar: artistas, fisioterapeutas, profissionais de educação física etc. Inscrições através do site www.ivaldobertazzo.com.br

Data: 16 de abril, de 14h às 17h

Local: Teatro Martim Gonçalves

Preço: Gratuito

 

 

CONHEÇA MAIS SOBRE IVALDO BERTAZZO - Em mais de 35 anos dedicados à dança, Ivaldo Bertazzo sempre se preocupou em atrelar sua arte ao desenvolvimento pleno do corpo. Ele começou a dançar aos 16 anos, e teve aulas com grandes nomes da dança brasileira, como Renée Gumiel, Klauss Vianna e Márika Gidali. Ivaldo também estudou o funcionamento do aparelho locomotor e da biomecânica humana, a partir das pesquisas de Marie Madeleine Béziers e de Suzanne Piret, na França, e de Godelieve Denys Struyf, na Bélgica. A partir de 1996, com o espetáculo Cidadão Corpo, passou a trabalhar a “identidade brasileira do movimento”, cujo conceito já gerou diversos espetáculos e a formação da Cia. TeatroDança, uma companhia de bailarinos profissionais vindos da periferia e de projetos sociais.

 

No período de 1975 a 1992, Bertazzo criou 24 espetáculos, entre coreografias sofisticadas, com bailarinos profissionais e aparato cênico, e peças de “dança-cidadania”, com pessoas comuns, chegando a reunir no palco mais de 80 Cidadãos Dançantes, o que lhe fez ser aclamado como um “coreógrafo de multidões”. No quadro quinzenal que estrelou no Fantástico, em abril de 2008, ele mostrava, com a ajuda de atores e cidadãos comuns, como é possível compreender o próprio corpo através de exercícios e, assim, usufruir de todas as possibilidades para viver mais e melhor.

 

*Crédito da foto: Priscila Prade.